buscado recentemente


Artlife

Gina Castelo Branco


Unindo arte e solidariedade: conheça a Exposição Natal


Hello! How are you? Hoje o nosso assunto é Exposição Natal, que preparamos com muito carinho na Montmartre Arte e Galeria. Desde o dia 28 de novembro até 16 de janeiro são expostas obras de 34 artistas entre locais e nacionais, estilos e técnicas variados, como pintura, desenho, escultura e fotografia. Além das obras de arte em todos os espaços da galeria, a Exposição Natal tem ainda um importante papel social: a arrecadação de fundos para a doação de enxovais a recém-nascidos de famílias carentes de Teresina, atendidas pela Liga das Senhoras Católicas.

obra-exposicao
Obras qua participam da Exposição Natal (Imagem: Arquivo Pessoal)
exposicao-natal
A Exposição Natal conta com obras de mais de 30 artistas (Imagem: Arquivo pessoal)

 

A ideia da ação social “Enxovais da Ia” veio justamente da relação do período natalino com a solidariedade, principalmente quando se trata de recém-nascidos, que nos lembram Jesus. Entidade escolhida para a ação social, a Liga das Senhoras Católicas de Teresina realiza durante todo ano esse trabalho de doações de enxovais para famílias necessitadas. Assim, a Montmartre reuniu artistas da galeria para pintarem coletivamente duas telas que irão a leilão, com toda a renda destinada à ação social. Além disso, qualquer peça adquirida na galeria durante os dias de exposição terá renda revertida ao projeto.

obras-leiloadas
Com as duas telas coletivas que serão leiloadas para o projeto "Enxovais da Ia" (Imagem: Aquivo pessoal)

 

Para a Montmartre, esta é a última exposição do ano, e não só tem grande importância pela causa que estamos ajudando, como também tem um significado ainda mais especial por comemorarmos neste mês de dezembro um ano de nossa galeria em atividade. Para receber nossos clientes, preparamos nossos ambientes com uma linda decoração de natal, além de muitas obras participantes da atual exposição terem essa temática.

decoracao-de-natal
Recebendo representantes da Liga das Senhoras Católicas com nossos itens de Natal (Imagem: Arquivo Pessoal)

 

Os artistas participantes da Exposição Natal são: Alex Allen, Alex Anjos, Amanda Coelho, Angelo Brambila, Aris Carvalho, Christiane Fontenele, Cícero Manoel, Claudete Cacá, Dora Parentes, Eulália Pessoa, Gabriel Arcanjo, Gina Castelo Branco, Helena Alencar, Herbert Viana, Hostyano Machado, Larissa Palha Dias, Lisiane Lages, Lúcia Lopes, Luciana Severo, Luis Mota, Maiara Capistrano, MartaBá, Nasaré Castelo Branco, Naza, Orlando Bonfim, Rafael Jabuh, Reisinha Barbosa, Stênio Ferreira, Tupy, Vilma Mascarenhas, Vitória Alencar, Wallace Alves, Wêiler Barroso e Willy Valenzuela.

Qualquer quantia é bem vinda para a arrecadação de fundos para os enxovais. As doações/lances do leilão oculto das duas telas coletivas podem ser feitos na galeria, em nossa urna, ou através de transferência bancária, informando-nos sobre o seu envio.

Liga das Senhoras Católicas de Teresina – Banco do Brasil

Agência: 3178-X

Vamos às dicas de hoje?

O Museu do Piauí recebe até o dia 15 de dezembro a exposição "Por Aí", do fotógrafo João Freitas. Entrada gratuita.

Exposição "Mini Estrelas", da fotógrafa Paula Moreira, na Galeria de Arte do Teresina Shopping até o dia 10 de dezembro.




Exposição do artista André Derain no museu Pompidou, em Paris


Salut! Vamos falar sobre arte? Em minha última visita a Paris, em outubro, estive no centro George Pompidou, um local que reúne o museu Pompidou, que possui um acervo impressionante, tem ainda uma biblioteca e um espaço dedicado à música. É um lugar de grande agitação cultural, onde, na ocasião, pude conhecer a obra do artista que trago para vocês hoje: André Derain.

andre-derain-exposicao
A exposição acontece no Centro Poimpidou, em Paris (Imagem: Arquivo pessoal)
gina-delson-museu
Com meu esposo Delson Castelo Branco em nossa visita ao Centro Pompidou (Foto: Arquivo pessoal)

 

André Derain foi um dos fundadores do Fauvismo, corrente artística da qual já falamos aqui no Artlife. Nascido em Chatou, na França, desenvolveu suas ideias com Henri Matisse e Maurice Vlaminck e foi o responsável por abrir um ateliê em Paris que se tornou o principal centro produtor de obras dentro do Fauvismo. Relembrando um pouco das características desse movimento, destacamos a representação de paisagens e a utilização de cores puras e vibrantes, como nesta tela de André Derain:

boats-in-the-harbour
Boats in the harbour, de André Derain (Imagem: Reprodução)

 

Ao ver uma exposição de Van Gogh, o artista se encantou pelo uso das cores puras e fortes, servindo como grande inspiração para suas obras que se desenvolveram nesse estilo. Assim, André Derain foi um dos mais importantes pintores fauvistas do século XX. A sua exposição que acontece em Paris, dedica-se principalmente a sua contribuição artística no período que antecedeu a Segunda Guerra Mundial. André Derain, como um fauvista, representava paisagens, mas também retratou figuras humanas, como podemos ver na tela The Dance:

the-dance
"A Dança", óleo sobre tela de André Derain (Imagem: Reprodução)

 

A exposição de André Derain no museu Pompidou, em Paris, fica até o dia 29 de janeiro de 2018. Uma ótima dica para quem vai visitar a cidade neste fim de ano. Vale ressaltar que nesse museu existe a meia entrada de 11 € para estudantes. O valor da tarifa inteira é de 14. Uma ótima opção para quem vai visitar Paris neste fim de ano.

Vamos às dicas de hoje?

Para quem ama arte, dia 30 de novembro estreia no Brasil o filme "Com amor, Van Gogh"

Dia 28 de novembro: abertura da Exposição Natal, na Montmartre. São 50 dias de exposição, onde ao adiquirir qualquer peça, você ajuda o projeto da Montmartre "Enxovais da Ia", destinado a recém nascidos de famílias carentes atendidas pela Liga das Senhoras Católicas de Teresina.




A experiência de expor minhas obras no Carrousel du Louvre, em Paris


Hello! How are you today? Hoje venho compartilhar com vocês a experiência incrível que foi expor meus trabalhos pela segunda vez em Paris, cidade tão especial para a Arte, o sonho de todo artista. A exposição ocorreu do dia 20 ao dia 22 de outubro no Carrousel du Louvre, espaço localizado no conhecido Museu du Louvre e é dedicado a trabalhos de arte contemporânea e a valorização do trabalho de artistas da atualidade e de todo o mundo.

Para o GUIDE, edição distribuída nas mil melhores galerias da Europa, cinco obras minhas foram publicadas, das 7 selecionadas e duas participaram da exposição na inovação impressão no alumínio. As obras expostas foram Quartzo Rosa e Playa Negra, nas quais mostro minha técnica no estilo abstrato.

gina-carrousel
Na entrada do Carrousel du Louvre, em Paris (Foto: Arquivo pessoal)

 

A exposição chamada Salon International d’Art Contemporain reuniu talentos artistas de todo o mundo. Estive ao lado de artistas brasileiros muitos queridos que estiveram expondo obras sob curadoria de Heloiza Azevedo. Expondo no mesmo espaço estavam as crianças do Atelier Luciana Severo Kids, com suas lindas telas.  Um lindo encontro em torno da Arte!

obras-exposiçao
Ao lado de minhas duas pinturas abstratas que expus: Playa Negra e Quartzo Rosa (Foto: Arquivo pessoal)

 

O Carrousel du Louvre funciona como uma galeria comercial na parte subterrânea do famoso Museu du Louvre, onde estão expostas as obras mais conhecidas do mundo, de nomes como Leonardo de Da Vinci. Na parte subterrânea acontecem mostras com trabalhos de pintura, fotografia e outras formas de expressão, oportunizando a nós, artistas contemporâneos, estar em um lugar de tamanha importância histórica para a Arte.

artistas-e-certificados
Com meu certificado de participação na exposição e artistas que participaram (Foto: Arquivo pessoal)

 

Para mim é sempre um prazer estar em Paris, lugar de muita beleza e inspiração artística, além de ser uma grande oportunidade como artista expor obras no Louvre. O local oportuniza diversos estilos de arte e uma troca de experiências entre os artistas expositores de diversas partes do mundo.  Foi uma belíssima vivência e estou ansiosa para voltar e mostrar meus trabalhos mais uma vez. Vamos às dicas de hoje?

A todos que visitarem Paris, recomendo que conheçam o Carrousel du Louvre! O próximo evento que acontece no local será no dia 16 de novembro.

Em Teresina, exponho obras na galeria de arte do piso superior do Teresina Shopping. Exposição da União dos Artistas Plásticos do Piauí (UAPPI). Até o dia 21 de novembro.

Do dia 17 a 19 de novembro, no salão paroquial da Igreja de Nossa Senhora de Fátima acontece a feira Arte e Charme, com minha participação, além de vários artistas piauienses que expõem suas obras no evento. Você é nosso convidado(a)!




Visitando o Museu de Picasso em Paris


Salut! O assunto de hoje é um local dedicado ao trabalho de um dos grandes mestres da Arte: O Museu de Picasso, em Paris. Tive a oportunidade de visitar o museu recentemente e venho compartilhar a minha experiência no local. O Museu de Picasso existe desde 1985 no Hotél Salé mas esteve fechado para reformas e foi reaberto aos visitantes em outubro de 2014. A fachada do museu é deslumbrante, uma grande construção que impressiona a todos.

gina-museu-de-picasso
Na entrada do Museu de Picasso, em Paris (Foto: Arquivo pessoal)

 

Durante a minha estadia em Paris, visitei no museu a exposição Année Érotique, que fica até dia 11 de fevereiro de 2018 e expõe obras em que o artista representa figuras femininas. É sempre uma sensação inigualável apreciar a obra de um grande pintor pessoalmente e sentir a atmosfera da sua criatividade. O Museu também é local de apreciar o escultor Picasso, com obras que demonstram toda a criatividade e técnica que possuía.

gina-obra-picasso
Com uma das obras da exposição Année Érotique (Foto: Arquivo pessoal)

 

O museu possui quatro andares e um acervo bastante rico, por isso é necessário reservar um bom tempo para desfrutar de tudo o que ele oferece, como pinturas, documentos, fotografias, além da obra de outros artistas como Henri Matisse.  Um lugar perfeito para quem quer imergir no universo de Picasso, pois além de conhecer as obras de perto, o visitante tem a oportunidade de aprender muito sobre o artista, acompanhar fase por fase de sua carreira, pintores que admirava e detalhes do seu processo de criação.

escultura-picasso
No local também são expostos trabalhos em escultura (Foto: Arquivo pessoal)

 

Apesar de não abrigar as mais famosas obras de Picasso, por se tratar de um museu relativamente novo, ele abriga mais de 5 mil obras e é bastante visitado, por isso é recomendável comprar o seu ingresso com antecedência para evitar filas no local. Visitar locais como esse transforma a sua viagem em um grande aprendizado e enriquecimento cultural. Recomendo a visita!

Vamos às dicas de hoje?

Para conhecer mais sobre a Picasso, indico o filme "O Mistério de Picasso", que traz imagens reais do processo de criação do artista.

Em Teresina, trabalhos do fotógrafo Wolfgang Sulzer são expostos no restaurante Coco Bambu. A exposição teve início na quarta-feira (01) e ficará por uma semana. Uma ótima dica para os amantes de fotografia!




Um roteiro cultural pela Bélgica


Salut! Hoje vamos falar de um país repleto de arte e de lugares inspiradores que tive a oportunidade de conhecer ao visitar a Bélgica. A primeira cidade é Ghent, terceira maior cidade da Bélgica, localizada a cerca de 50 quilômetros de Bruxelas, que impressiona pela sua arquitetura medieval e sua riqueza artística. A cidade é conhecida pela presença de uma pintura, o Retábulo de Ghent ou Adoração do Cordeiro Místico, obra dos irmãos Van Eyck que consiste em 24 painéis com imagens bíblicas pintadas a óleo. A obra sofreu danos e teve seus painéis roubados em diversos conflitos como as disputas entre católicos e protestantes, a Revolução Francesa e chegou a ser roubada até pelos nazistas. Por conta dos saques e danos sofridos, ela foi restaurada após a Segunda Guerra Mundial e até hoje muitas pessoas viajam até Ghent apenas para ver a pintura, considerada uma das mais importantes obras de arte da História. 

retabulo-ghent
O Retábulo de Ghent (Imagem: Reprodução)

 

Ghent é um mergulho na arte e a beleza das ruas da cidade encanta a todos. Uma arquitetura que proporciona uma verdadeira viagem no tempo, em meio aos antigos “castelos” e locais como a igreja de Saint Bavo, onde hoje está o Retábulo de Ghent. Outro lugar indispensável para os amantes da arte que visitam a Bélgica é o Museu de Belas Artes de Ghent.

Outra cidade Belga que encanta pelas belezas e pela arte é Bruges. Conhecida como a Veneza do Norte, a cidade possui uma arquitetura no estilo neogótico além de uma produção artística muito interessante. O centro histórico de Bruges foi tombado como Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Bruges é conhecida pela tecelagem de rendas, tendo um comércio têxtil consolidado. É possível encontrar essas peças de renda sendo comercializadas por toda a cidade. Um dos locais que mais gostei de visitar foi a Basílica do Sangue Sagrado. Localizada na Praça Burg, com uma arquitetura gótica, ela é conhecida por, segundo a tradição, abrigar a relíquia do sangue de Cristo. A Basílica é dividida em duas igrejas: a Capela de Saint Basil, na parte inferior, e a Capela do Sangue Sagrado, na parte superior. É um local de fortes significados de fé e que vale muito a pena visitar, independente de qual seja a sua religião.

basilica-sangue-sagrado
Entrada da Basílica do Sangue Sagrado (Imagem: Reprodução)

 

Bruges é onde nasceu o pintor Jan van Eyck, um dos responsáveis pela obra Adoração do Cordeiro Místico (Retábulo de Ghent). Além disso, a cidade é conhecida pela forte presença da arte flamenga, caracterizada pelo realismo e a representação de cenários domésticos nas pinturas. Jan van Eyck é um dos grandes representantes da arte flamenga. Em Bruges está localizado o Groeninge Museum, que abriga obras representantes desse estilo, além de exposições temporárias. Vale muito a pena a visita!

gina-burges
Foi uma experiência incrível visitar Bruges (Imagem: Acervo pessoal)

 

A terceira cidade que tenho para falar é Bruxelas. Em Bruxelas podemos encontrar o melhor do Art Noveau, estilo sobre o qual já falamos aqui no Artlife. O grande responsável por toda essa beleza é o arquiteto e artista Victor Horta. Um passeio pela cidade proporciona ao turista conhecer uma arquitetura que é uma verdadeira viagem no tempo, com construções belíssimas e grandiosas.

praca-bruxelas
Um pouco da arquitetura espetacular de Bruxelas (Imagem: Acervo pessoal)

 

Para todos os apreciadores da arte, uma viagem à Bélgica com certeza é uma ótima opção. Além de belíssimas formas de arte encontradas, a arquitetura e a atmosfera do país proporcionam um passeio pela História. Uma viagem que vai além do lazer, traz conhecimento e enriquecimento cultural. Viajar é a melhor forma de adquirir educação.

Como dica para conhecer um pouco mais sobre as cidades cheias de arte na Bélgica, recomendo o livro Bélgica e Luxemburgo. Guia visual.





Veja mais
Gina Castelo Branco

Sou formada em Letras/Inglês (UESPI) e em Direito (NOVAUNESC), apaixonada pela arte desde a infância e no meu íntimo sempre acreditei plenamente em minha capacidade pintar... Leia mais.


3 de Dezembro de 2017 às 16:52

Unindo arte e solidariedade: conheça a Exposição Natal


Hello! How are you? Hoje o nosso assunto é Exposição Natal, que preparamos com muito carinho na Montmartre Arte e Galeria. Desde o dia 28 de novembro até 16 de janeiro são expostas obras de 34 artistas entre locais e nacionais, estilos e técnicas variados, como pintura, desenho, escultura e fotografia. Além das obras de arte em todos os espaços da galeria, a Exposição Natal tem ainda um importante papel social: a arrecadação de fundos para a doação de enxovais a recém-nascidos de famílias carentes de Teresina, atendidas pela Liga das Senhoras Católicas.

obra-exposicao
Obras qua participam da Exposição Natal (Imagem: Arquivo Pessoal)
exposicao-natal
A Exposição Natal conta com obras de mais de 30 artistas (Imagem: Arquivo pessoal)

 

A ideia da ação social “Enxovais da Ia” veio justamente da relação do período natalino com a solidariedade, principalmente quando se trata de recém-nascidos, que nos lembram Jesus. Entidade escolhida para a ação social, a Liga das Senhoras Católicas de Teresina realiza durante todo ano esse trabalho de doações de enxovais para famílias necessitadas. Assim, a Montmartre reuniu artistas da galeria para pintarem coletivamente duas telas que irão a leilão, com toda a renda destinada à ação social. Além disso, qualquer peça adquirida na galeria durante os dias de exposição terá renda revertida ao projeto.

obras-leiloadas
Com as duas telas coletivas que serão leiloadas para o projeto "Enxovais da Ia" (Imagem: Aquivo pessoal)

 

Para a Montmartre, esta é a última exposição do ano, e não só tem grande importância pela causa que estamos ajudando, como também tem um significado ainda mais especial por comemorarmos neste mês de dezembro um ano de nossa galeria em atividade. Para receber nossos clientes, preparamos nossos ambientes com uma linda decoração de natal, além de muitas obras participantes da atual exposição terem essa temática.

decoracao-de-natal
Recebendo representantes da Liga das Senhoras Católicas com nossos itens de Natal (Imagem: Arquivo Pessoal)

 

Os artistas participantes da Exposição Natal são: Alex Allen, Alex Anjos, Amanda Coelho, Angelo Brambila, Aris Carvalho, Christiane Fontenele, Cícero Manoel, Claudete Cacá, Dora Parentes, Eulália Pessoa, Gabriel Arcanjo, Gina Castelo Branco, Helena Alencar, Herbert Viana, Hostyano Machado, Larissa Palha Dias, Lisiane Lages, Lúcia Lopes, Luciana Severo, Luis Mota, Maiara Capistrano, MartaBá, Nasaré Castelo Branco, Naza, Orlando Bonfim, Rafael Jabuh, Reisinha Barbosa, Stênio Ferreira, Tupy, Vilma Mascarenhas, Vitória Alencar, Wallace Alves, Wêiler Barroso e Willy Valenzuela.

Qualquer quantia é bem vinda para a arrecadação de fundos para os enxovais. As doações/lances do leilão oculto das duas telas coletivas podem ser feitos na galeria, em nossa urna, ou através de transferência bancária, informando-nos sobre o seu envio.

Liga das Senhoras Católicas de Teresina – Banco do Brasil

Agência: 3178-X

Vamos às dicas de hoje?

O Museu do Piauí recebe até o dia 15 de dezembro a exposição "Por Aí", do fotógrafo João Freitas. Entrada gratuita.

Exposição "Mini Estrelas", da fotógrafa Paula Moreira, na Galeria de Arte do Teresina Shopping até o dia 10 de dezembro.




21 de Novembro de 2017 às 08:40

Exposição do artista André Derain no museu Pompidou, em Paris


Salut! Vamos falar sobre arte? Em minha última visita a Paris, em outubro, estive no centro George Pompidou, um local que reúne o museu Pompidou, que possui um acervo impressionante, tem ainda uma biblioteca e um espaço dedicado à música. É um lugar de grande agitação cultural, onde, na ocasião, pude conhecer a obra do artista que trago para vocês hoje: André Derain.

andre-derain-exposicao
A exposição acontece no Centro Poimpidou, em Paris (Imagem: Arquivo pessoal)
gina-delson-museu
Com meu esposo Delson Castelo Branco em nossa visita ao Centro Pompidou (Foto: Arquivo pessoal)

 

André Derain foi um dos fundadores do Fauvismo, corrente artística da qual já falamos aqui no Artlife. Nascido em Chatou, na França, desenvolveu suas ideias com Henri Matisse e Maurice Vlaminck e foi o responsável por abrir um ateliê em Paris que se tornou o principal centro produtor de obras dentro do Fauvismo. Relembrando um pouco das características desse movimento, destacamos a representação de paisagens e a utilização de cores puras e vibrantes, como nesta tela de André Derain:

boats-in-the-harbour
Boats in the harbour, de André Derain (Imagem: Reprodução)

 

Ao ver uma exposição de Van Gogh, o artista se encantou pelo uso das cores puras e fortes, servindo como grande inspiração para suas obras que se desenvolveram nesse estilo. Assim, André Derain foi um dos mais importantes pintores fauvistas do século XX. A sua exposição que acontece em Paris, dedica-se principalmente a sua contribuição artística no período que antecedeu a Segunda Guerra Mundial. André Derain, como um fauvista, representava paisagens, mas também retratou figuras humanas, como podemos ver na tela The Dance:

the-dance
"A Dança", óleo sobre tela de André Derain (Imagem: Reprodução)

 

A exposição de André Derain no museu Pompidou, em Paris, fica até o dia 29 de janeiro de 2018. Uma ótima dica para quem vai visitar a cidade neste fim de ano. Vale ressaltar que nesse museu existe a meia entrada de 11 € para estudantes. O valor da tarifa inteira é de 14. Uma ótima opção para quem vai visitar Paris neste fim de ano.

Vamos às dicas de hoje?

Para quem ama arte, dia 30 de novembro estreia no Brasil o filme "Com amor, Van Gogh"

Dia 28 de novembro: abertura da Exposição Natal, na Montmartre. São 50 dias de exposição, onde ao adiquirir qualquer peça, você ajuda o projeto da Montmartre "Enxovais da Ia", destinado a recém nascidos de famílias carentes atendidas pela Liga das Senhoras Católicas de Teresina.




12 de Novembro de 2017 às 19:04

A experiência de expor minhas obras no Carrousel du Louvre, em Paris


Hello! How are you today? Hoje venho compartilhar com vocês a experiência incrível que foi expor meus trabalhos pela segunda vez em Paris, cidade tão especial para a Arte, o sonho de todo artista. A exposição ocorreu do dia 20 ao dia 22 de outubro no Carrousel du Louvre, espaço localizado no conhecido Museu du Louvre e é dedicado a trabalhos de arte contemporânea e a valorização do trabalho de artistas da atualidade e de todo o mundo.

Para o GUIDE, edição distribuída nas mil melhores galerias da Europa, cinco obras minhas foram publicadas, das 7 selecionadas e duas participaram da exposição na inovação impressão no alumínio. As obras expostas foram Quartzo Rosa e Playa Negra, nas quais mostro minha técnica no estilo abstrato.

gina-carrousel
Na entrada do Carrousel du Louvre, em Paris (Foto: Arquivo pessoal)

 

A exposição chamada Salon International d’Art Contemporain reuniu talentos artistas de todo o mundo. Estive ao lado de artistas brasileiros muitos queridos que estiveram expondo obras sob curadoria de Heloiza Azevedo. Expondo no mesmo espaço estavam as crianças do Atelier Luciana Severo Kids, com suas lindas telas.  Um lindo encontro em torno da Arte!

obras-exposiçao
Ao lado de minhas duas pinturas abstratas que expus: Playa Negra e Quartzo Rosa (Foto: Arquivo pessoal)

 

O Carrousel du Louvre funciona como uma galeria comercial na parte subterrânea do famoso Museu du Louvre, onde estão expostas as obras mais conhecidas do mundo, de nomes como Leonardo de Da Vinci. Na parte subterrânea acontecem mostras com trabalhos de pintura, fotografia e outras formas de expressão, oportunizando a nós, artistas contemporâneos, estar em um lugar de tamanha importância histórica para a Arte.

artistas-e-certificados
Com meu certificado de participação na exposição e artistas que participaram (Foto: Arquivo pessoal)

 

Para mim é sempre um prazer estar em Paris, lugar de muita beleza e inspiração artística, além de ser uma grande oportunidade como artista expor obras no Louvre. O local oportuniza diversos estilos de arte e uma troca de experiências entre os artistas expositores de diversas partes do mundo.  Foi uma belíssima vivência e estou ansiosa para voltar e mostrar meus trabalhos mais uma vez. Vamos às dicas de hoje?

A todos que visitarem Paris, recomendo que conheçam o Carrousel du Louvre! O próximo evento que acontece no local será no dia 16 de novembro.

Em Teresina, exponho obras na galeria de arte do piso superior do Teresina Shopping. Exposição da União dos Artistas Plásticos do Piauí (UAPPI). Até o dia 21 de novembro.

Do dia 17 a 19 de novembro, no salão paroquial da Igreja de Nossa Senhora de Fátima acontece a feira Arte e Charme, com minha participação, além de vários artistas piauienses que expõem suas obras no evento. Você é nosso convidado(a)!




4 de Novembro de 2017 às 10:47

Visitando o Museu de Picasso em Paris


Salut! O assunto de hoje é um local dedicado ao trabalho de um dos grandes mestres da Arte: O Museu de Picasso, em Paris. Tive a oportunidade de visitar o museu recentemente e venho compartilhar a minha experiência no local. O Museu de Picasso existe desde 1985 no Hotél Salé mas esteve fechado para reformas e foi reaberto aos visitantes em outubro de 2014. A fachada do museu é deslumbrante, uma grande construção que impressiona a todos.

gina-museu-de-picasso
Na entrada do Museu de Picasso, em Paris (Foto: Arquivo pessoal)

 

Durante a minha estadia em Paris, visitei no museu a exposição Année Érotique, que fica até dia 11 de fevereiro de 2018 e expõe obras em que o artista representa figuras femininas. É sempre uma sensação inigualável apreciar a obra de um grande pintor pessoalmente e sentir a atmosfera da sua criatividade. O Museu também é local de apreciar o escultor Picasso, com obras que demonstram toda a criatividade e técnica que possuía.

gina-obra-picasso
Com uma das obras da exposição Année Érotique (Foto: Arquivo pessoal)

 

O museu possui quatro andares e um acervo bastante rico, por isso é necessário reservar um bom tempo para desfrutar de tudo o que ele oferece, como pinturas, documentos, fotografias, além da obra de outros artistas como Henri Matisse.  Um lugar perfeito para quem quer imergir no universo de Picasso, pois além de conhecer as obras de perto, o visitante tem a oportunidade de aprender muito sobre o artista, acompanhar fase por fase de sua carreira, pintores que admirava e detalhes do seu processo de criação.

escultura-picasso
No local também são expostos trabalhos em escultura (Foto: Arquivo pessoal)

 

Apesar de não abrigar as mais famosas obras de Picasso, por se tratar de um museu relativamente novo, ele abriga mais de 5 mil obras e é bastante visitado, por isso é recomendável comprar o seu ingresso com antecedência para evitar filas no local. Visitar locais como esse transforma a sua viagem em um grande aprendizado e enriquecimento cultural. Recomendo a visita!

Vamos às dicas de hoje?

Para conhecer mais sobre a Picasso, indico o filme "O Mistério de Picasso", que traz imagens reais do processo de criação do artista.

Em Teresina, trabalhos do fotógrafo Wolfgang Sulzer são expostos no restaurante Coco Bambu. A exposição teve início na quarta-feira (01) e ficará por uma semana. Uma ótima dica para os amantes de fotografia!




28 de Outubro de 2017 às 11:24

Um roteiro cultural pela Bélgica


Salut! Hoje vamos falar de um país repleto de arte e de lugares inspiradores que tive a oportunidade de conhecer ao visitar a Bélgica. A primeira cidade é Ghent, terceira maior cidade da Bélgica, localizada a cerca de 50 quilômetros de Bruxelas, que impressiona pela sua arquitetura medieval e sua riqueza artística. A cidade é conhecida pela presença de uma pintura, o Retábulo de Ghent ou Adoração do Cordeiro Místico, obra dos irmãos Van Eyck que consiste em 24 painéis com imagens bíblicas pintadas a óleo. A obra sofreu danos e teve seus painéis roubados em diversos conflitos como as disputas entre católicos e protestantes, a Revolução Francesa e chegou a ser roubada até pelos nazistas. Por conta dos saques e danos sofridos, ela foi restaurada após a Segunda Guerra Mundial e até hoje muitas pessoas viajam até Ghent apenas para ver a pintura, considerada uma das mais importantes obras de arte da História. 

retabulo-ghent
O Retábulo de Ghent (Imagem: Reprodução)

 

Ghent é um mergulho na arte e a beleza das ruas da cidade encanta a todos. Uma arquitetura que proporciona uma verdadeira viagem no tempo, em meio aos antigos “castelos” e locais como a igreja de Saint Bavo, onde hoje está o Retábulo de Ghent. Outro lugar indispensável para os amantes da arte que visitam a Bélgica é o Museu de Belas Artes de Ghent.

Outra cidade Belga que encanta pelas belezas e pela arte é Bruges. Conhecida como a Veneza do Norte, a cidade possui uma arquitetura no estilo neogótico além de uma produção artística muito interessante. O centro histórico de Bruges foi tombado como Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Bruges é conhecida pela tecelagem de rendas, tendo um comércio têxtil consolidado. É possível encontrar essas peças de renda sendo comercializadas por toda a cidade. Um dos locais que mais gostei de visitar foi a Basílica do Sangue Sagrado. Localizada na Praça Burg, com uma arquitetura gótica, ela é conhecida por, segundo a tradição, abrigar a relíquia do sangue de Cristo. A Basílica é dividida em duas igrejas: a Capela de Saint Basil, na parte inferior, e a Capela do Sangue Sagrado, na parte superior. É um local de fortes significados de fé e que vale muito a pena visitar, independente de qual seja a sua religião.

basilica-sangue-sagrado
Entrada da Basílica do Sangue Sagrado (Imagem: Reprodução)

 

Bruges é onde nasceu o pintor Jan van Eyck, um dos responsáveis pela obra Adoração do Cordeiro Místico (Retábulo de Ghent). Além disso, a cidade é conhecida pela forte presença da arte flamenga, caracterizada pelo realismo e a representação de cenários domésticos nas pinturas. Jan van Eyck é um dos grandes representantes da arte flamenga. Em Bruges está localizado o Groeninge Museum, que abriga obras representantes desse estilo, além de exposições temporárias. Vale muito a pena a visita!

gina-burges
Foi uma experiência incrível visitar Bruges (Imagem: Acervo pessoal)

 

A terceira cidade que tenho para falar é Bruxelas. Em Bruxelas podemos encontrar o melhor do Art Noveau, estilo sobre o qual já falamos aqui no Artlife. O grande responsável por toda essa beleza é o arquiteto e artista Victor Horta. Um passeio pela cidade proporciona ao turista conhecer uma arquitetura que é uma verdadeira viagem no tempo, com construções belíssimas e grandiosas.

praca-bruxelas
Um pouco da arquitetura espetacular de Bruxelas (Imagem: Acervo pessoal)

 

Para todos os apreciadores da arte, uma viagem à Bélgica com certeza é uma ótima opção. Além de belíssimas formas de arte encontradas, a arquitetura e a atmosfera do país proporcionam um passeio pela História. Uma viagem que vai além do lazer, traz conhecimento e enriquecimento cultural. Viajar é a melhor forma de adquirir educação.

Como dica para conhecer um pouco mais sobre as cidades cheias de arte na Bélgica, recomendo o livro Bélgica e Luxemburgo. Guia visual.




Sobre mim


Gina Castelo Branco

Sou formada em Letras/Inglês (UESPI) e em Direito (NOVAUNESC), apaixonada pela arte desde a infância e no meu íntimo sempre acreditei plenamente em minha capacidade pintar... Leia mais.



© Copyright ClubeSAT 2017. Todos os direitos reservados.