buscado recentemente

Piauiense leva prata no mundial de Kiteboarding


Outro grande resultado do Brasil foi na disputa feminina, com Maria Beatriz, também do Piauí


A competição era no quintal de casa. E Manoel Piçarrinha, natural de Barra Grande, no Piauí, confirmou o grande momento vivido na jovem carreira dentro do kitesurf. O velejador de 17 anos conquistou a medalha de prata no Campeonato Mundial Jovem de Kiteboarding, encerrado no fim da tarde desta sexta-feira, dia 1º.

Piçarrinha terminou o evento com 12 pontos perdidos, levando a vela brasileira a mais um pódio em 2017. O americano Cameron Maramenides, com 9 pontos perdidos, ficou com o ouro. O francês Victor Bachichet completou o pódio (26 p.p.).

 Foto: André Hanni/ CBVela

Outro grande resultado do Brasil foi na disputa feminina, com Maria Beatriz, também de Barra Grande. Com apenas 13 anos, a brasileira terminou na nona colocação com 59 pontos perdidos. A italiana Sofia Tomasoni venceu a competição com 9 pontos perdidos, com Lola Ulrich, da França, e Nina Castlles, da Espanha, completando o pódio.

Para Manoel Piçarrinha, a medalha de prata coroa um ano excelente. O piauiense já havia se classificado no último mês para disputar a partir de 2018 a World Kitesurfing League (WKL), a liga profissional da modalidade, contra os melhores do mundo na categoria freestyle. No Mundial de Barra Grande, competiu pela primeira vez na classe TwinTip Racing (TT:R), com disputa de regatas no formato slalom, com os competidores fazendo as técnicas do kiteboarding enquanto passam por obstáculos no percurso.

O Mundial Jovem de Kite foi organizado numa parceria inédita entre CBVela (Confederação Brasileira de Vela), IKA (Internacional Kiteboarding Association), World Sailing (Federação Internacional de Vela) e ABK (Associação Brasileira de Kitesurf), com patrocínio máster do Bradesco.





© Copyright ClubeSAT 2017. Todos os direitos reservados.