buscado recentemente

Ex-prefeito de Fartura do Piauí é condenado a quatro anos de reclusão


Ex-gestor é acusado de ter desviado dinheiro do Fundef e de ter fraudado licitações


O ex-prefeito do município de Fartura do Piauí, Miguel Antônio Braga Neto, mais conhecido como Netão, foi condenado a quatro anos e seis meses de reclusão. A pena poderá ser cumprida inicialmente em regime semiaberto.

De acordo com denúncia do Ministério Público Federal, o ex-gestor teria desviado dinheiro do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (FUNDEF). A sentença foi dada pelo juiz Pablo Baldivieso, da Vara Federal de São Raimundo Nonato.

A Justiça também decidiu pela condenação do ex-vice-prefeito Luciano Macário de Castro a três anos e três meses de reclusão. A ex-secretária da Educação Joana D´Arc da Silva Miguelino foi condenada a dois anos de reclusão e o funcionário da prefeitura Raimundo Ney de Assis a três anos e três meses de detenção.

Segundo a denúncia, foram desviados recursos estimados no valor de R$ 263.629,45. O prefeito é acusado ainda de participar de um esquema de fraude de licitações no município na contratação de construtoras para a execução de obras.





© Copyright ClubeSAT 2017. Todos os direitos reservados.