buscado recentemente

Ex-policial acusado de matar Emilly será transferido para presídio comum


Transferência foi anunciada depois do governo anunciar que cumpriu determinação da Justiça que anula a nomeação dele à PM


A coordenadora de comunicação da PM, Elza Oliveira, confirmou que o ex-policial Aldo Dornel vai ser transferido para o presídio comum. Ele é acusado de ter matado a menina Emilly Caetano, durante abordagem ao carro da família da vítima na zona Leste de Teresina. O crime ocorreu na noite de Natal.

Foto: RobertaAline

 

A transferência foi anunciada após o governador Wellington Dias assinar decreto que torna sem efeito a nomeação de Dornel. O ex-policial conseguiu entrar na corporação mesmo depois de ser reprovado no teste psicológico.

 O acusado do crime se manteve nos quadros da corporação graças a uma liminar. A Justiça havia derrubado a liminar ainda em 2016, mas ele continuou no cargo. O governo alegou que não foi notificado da decisão.

O assassinato da menina Emilly ganhou repercussão nacional. De acordo com imagens de câmera de segurança, o policial efetuou vários disparos mesmo depois do pai da vítima, o cantor Evandro Costa, já ter parado o veículo. Ela morreu ao ser alvejada com dois tiros.

 





© Copyright ClubeSAT 2017. Todos os direitos reservados.