Publicado em: 08/08/2017  

Uma visita ao Museu l’Orangerie em Paris

O museu é uma atração indispensável para os admiradores de Monet

Salut! Hoje o Artlife traz para vocês uma viagem para mais um lugar cheio de arte e inspiração. Desta vez estou falando sobre o museu l’Orangerie, em Paris. Rodeado pelo famoso Louvre e o Museu D’Orsai, o l’Orangerie pode até passar despercebido no roteiro de alguns turistas, mas quem o conhece se emociona e não tem vontade de sair. Conhecido como o templo do Impressionismo, o museu traz a arte de Claude Monet em um ambiente diferente e que encanta a todos que o visitam. Diferente porque o local expõe obras lado a lado, em dois salões em formato oval, de forma que os visitantes se sentem em um jardim: são as Ninféias de Monet, pinturas grandiosas que encantam a todos

As obras são inspiradas nos jardins de Monet, jardins estes que são mantidos até hoje para a visitação, outra belíssima visita para quem quer conferir pessoalmente paisagens que inspiraram pinturas e foram colocadas em telas pela visão do artista francês. Já no museu, são oito painéis gigantes que preenchem as paredes do local, mostrando toda a técnica e a sutileza das cores no trabalho do pintor ao representar a natureza.

interior-orangerie
Interior do Museu l'Orangerie (Imagem: Reprodução)

visita-ao-orangerie
Tive a oportunidade de visitar o museu em abril deste ano (Imagem: Arquivo Pessoal)

Monet produziu obras especialmente para este museu, elas foram um presente do pintor para a França. Mas ele não participa apenas com as pinturas: o artista fez parte do desenvolvimento dos dois ambientes ovais do l’Orangerie onde se encontram seus painés, o que ele definiu como “uma ilusão de um todo infinito, de água sem horizonte e sem costa". Essa foi a atmosfera idealizada pelo artista para os que visitassem o museu. O l’Orangerie foi aberto em 1927, um anos após a morte de Monet.

piso-inferior-orangerie
Segundo ambiente do l'Orangerie, com obras de impressionistas (Imagem: Reprodução)

Além das obras de Monet, no segundo ambiente, o piso inferior, reúne obras de importantes artistas do Impressionismo, nomes como Paul Cézanne, Henri Matisse e Pablo Picasso. São mais de cem obras de pintores impressionistas, que fizeram parte do arquivo pessoal do francês Paul Guillaume, que colecionava e comercializava arte.

obra-de-picasso
Mulher com Tamborim, de Picasso (Imagem: Reprodução)

Ficou curioso(a) para visitar o museu l’Orangerie na França? Para artistas e apreciadores de arte, o local não pode ficar de fora do roteiro de visitação de quem vai a Paris. Se for conhecer a cidade luz, não deixe de prestigiar toda a beleza do Impressionismo.

Além dessa dica, vamos a outras opções para quem apreciar arte!

Uma sugestão de livro sobre a obra de Claude Monet: A vida e obra de Claude Monet, de Sean Connolly.

No Museu de Arte de São Paulo (MASP): Exposição Toulouse-Lautrec, um dos artistas europeus mais importantes da virada do século 19 para o século 20

Fonte: Gina Castelo Branco
Publicado por: Gina Castelo Branco

Tags: arte, Museu, orangerie, Paris
Publicado em Artlife
PUBLICIDADE

Comentários

 
Comente usando:
Sair
Foto | usuário

900 caracteres

Nenhum comentário ainda...

Municípios

Mais municípios

Contato

Av. Frei Serafim, 2425 - Centro
64.000-20 . Teresina . Piauí
Fone: 86 3085-3892
marcarodape © Copyright 2013-17, clubesat.com
Desenvolvido por: Time Propaganda